Palestra sobre "Crise Política do Brasil Atual: Democracia Corporativista e Judicialização" com o Prof. Waldemar Araújo

Caros, prezados, todos,
 
O Grupo de Pesquisa CRISE DA MODERNIDADE reafirma o convite já feito e divulgado entre a maioria de vocês para que estejam presentes à palestra do Professor Valdemar Araújo, do Departamento de Política da UFBA que tratará da CRISE POLÍTICA DO BRASIL ATUAL: DEMOCRACIA CORPORATIVISTA E JUDICIALIZAÇÃO. O evento será realizado dia 10 de agosto no AUDITÓRIO da Faculdade de Administração da UFBA (ao lado da Faculdade de Educação e da Sala de Cinema da UFBA), às 16 horas.
 
A palestra do Professor Valdemar se fará resumindo um longo artigo que ele escreveu como fruto de sua atividade de pós-doutoramento na Universidade de Salamanca (Espanha) e que intitulou GOVERNO, ELITES E INSTITUIÇÕES POLÍTICAS NA CRISE DA DEMOCRACIA CORPORATIVA BRASILEIRA. Trata da crise da democracia brasileira a partir dos impactos provocados pelo processo de combate à corrupção do sistema político e no perfil da divisão de poderes vigentes na República brasileira. O analista procura entender um certo deslocamento do tradicional poder da elite profissional da política e a consolidação da burocracia judicial o que provocou uma profunda erosão do Poder Legislativo com consequências diversas para as instituições todas, mas também do cidadão comum.
 
O Grupo de Pesquisa CRISE DA MODERNIDADE (que reúne pesquisadores da UFBA de diversas unidades), já contou igualmente com as intervenções dos Professores Carlos Zamora (sobre a Modernidade em Walter Benjamin), Paulo Balanco (A Revolução de 1917 e a NEP) e Daniel Jeziorny que falou sobre a Crise Ecológica. Estão previstas as intervenções das Professoras Gilca Oliveira sobre O trabalho escravo hoje, e Maria Teresa Franco Ribeiro sobre A questão da integração Latino-americana e a minha própria sobre a democracia representativa nos quadros da crise atualA palestra do Professor Valdemar retoma as atividades de conferências, debates, seminários do referido Grupo de Pesquisa, que vem tratando de aspectos diversos (históricos, econômicos, sociais, culturais, artísticos, psicológicos, morais, etc.) sobre o que consideramos ser uma CRISE DE UMA ÉPOCA de níveis distintos, mas articulados organicamente. A abordagem transdisciplinar é o tratamento pressuposto na longa duração histórica da formação da modernidade, aquela da constituição do capitalismo mundial nas suas diversas fases fundamentais, assim como da constituição dos Estados nacionais. Os elementos históricos são fundamentais para a caracterização da Idade Moderna e para sabermos qual o momento da humanidade hoje. A crise atual é episódica? Qual o peso da economia e da política dos Estados nacionais em tal processo? Assim como o processo de gênese de desenvolvimento do capitalismo e do Estado precisam ser apreendidos historicamente, é preciso também apreendê-lo na conjuntura da história imediata de sorte a nos permitir construir um quadro coerente de sua totalidade histórica. Este é o objetivo do Grupo de Pesquisa CRISE DA MODERNIDADE.
 
Esperamos você, pois, na quinta-feira próxima, às 16 horas, dia 10 de agosto no AUDITÓRIO da Faculdade de Administração da UFBA, porque acreditamos ser a produção do conhecimento sempre uma via dupla. A observação de um aparentemente simples ouvinte pode mudar o ângulo de nossa visão.
Saudações,
Até lá.
 
 
Jorge Nóvoa
Professor TITULAR
FFCH - Sociologia - UFBA
Share