Minicurso: Repensando modelos organizacionais para uma outra gestão: economia solidária, bens comuns e gestão social

Título: Repensando modelos organizacionais para uma outra gestão: economia solidária, bens comuns e gestão social
 
Convidado: Prof. Philippe Eynaud (IAE, Univ. Paris 1 Sorbonne)
Moderação: Prof. Genauto Carvalho de França Filho (EAUFBA)
 
Resumo:
 
Se o século XX se construiu numa oposição e/ou complementaridade entre mercado e Estado, o século XXI por sua vez se inicia em muitos países com o reconhecimento legal de um campo intermediário ainda não definido precisamente: terceiro setor, economia social, economia solidária... Para além da diversidade de conceitos, torna-se claro que organizações de caráter associado tem aparecido como atores chave neste contexto, em razão da sua capacidade de produzir formas hibridas (de gestão) e inscreverem-se numa perspectiva de inovação social. Contudo, a questão dos modelos econômicos subjacentes que caracterizam as organizações neste campo intermediário permanece aberta. De fato, os desafios da governança e da gestão variam significativamente se as organizações concernidas funcionam segundo um modelo de negócios sociais, de “quase-mercados” ou de mecanismos de solidariedade mais abertas. Após apresentar um panorama destes diferentes modelos (revelador de diferentes significados atribuídos a noção de empresa social), o curso enfatiza modalidades emergentes de governança com destaque para as formas de auto-organização na gestão de bens comuns e/ou de territórios solidários. O curso se concluirá abordando os fundamentos de uma gestão social e solidária associado a estes novos modos de governança.
 
Local: Auditório da Escola de Administração da UFBA
Data: 23 e 24.07.2018
Horário: de 09:30h às 13h e 14h às 18:30h
 
Philippe Eynaud é professor de gestão do Institut d’Administration d’Entreprise (IAE) da Universidade de Paris 1 (Panthéon-Sorbonne), co-responsável pelo “Mestrado em Gestão de Associações” e “Mestrado em Estudos e Teoria das Associações”, além de pesquisador pelo Gregor/IAE/Univ.Paris Sorbonne. É autor de inúmeras publicações entre livros, artigos e capítulos de livro, dos quais pode-se destacar:
  • Eynaud, P., La gouvernance entre diversité et normalisation, Collection hors série, Dalloz Juris Editions, 234 pages, décembre, 2015.
  • Laville J.L., Young D., Eynaud P. (2016) Civil society, The Third Sector, Social Enterprise: Governance and Democracy, Routledge Publisher, Oxfordshire, April, paperback.
  • Laville J.L., Eynaud P., Banerjee S.,, Dos Santos L. (to be published in 2018) Social Enterprise and pluralism: Solidarity economy, social movements, and global south, Routledge Publisher, Oxfordshire.
 
Genauto Carvalho de França Filho é professor titular da EAUFBA e permanente do Ciags e NPGA/UFBA. Pesquisador do CNPQ em desenvolvimento tecnológico e extensão inovadora. Coordenador da Incubadora tecnológica de Economia Solidária e Gestão do desenvolvimento territorial   (ITES/EAUFBA). É autor de inúmeras publicações entre livros, artigos e capítulos de livro, dos quais pode-se destacar:
  • França Filho, G.C.; Laville, J.L.; Medeiros, A.; Magnen, J.P. (Orgs.). Ação Pública E Economia Solidária: Uma Perspectiva Internacional. 1. ed. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2006. v. 01. 326p.
  • França Filho, G.C.; Bancos Comunitários de Desenvolvimento (BCD's) como expressão de Finanças Solidárias: por uma outra abordagem da inclusão financeira. 1. ed. Fortaleza - Ceará: Arte Visual, 2013. 107p. 3 França Filho, G.C.;
  • Rigo, A.S., França Filho, G.C.; Bancos Comunitários e Moedas Sociais no Brasil – Reflexões a partir da noção de economia substantiva, Salvador: EDUFBA. Coleção E-Livro, 2017;
 
Nº de vagas: 120
Inscrições: interessados deverão solicitar inscrição através do e-mail: mestprof@ufba.br
 

 

Share